Autor: Vicente Tolezano

Muito se confundem Moral e Ética. Ora tratam-nas como sinônimos e ora chamam uma de outra e vice versa. Neste artigo, provemos o discernimento devido.
O oposto pleno ao analfabeto funcional é o autodidata. É a mesma oposição entre servidão e liberdade. Analfabeto funcional, tantas vezes, é aquele que se sabota justamente para não ser livre. É árduo libertar o servo.
071 – Integração e Integridade Pessoais Autor: Vicente do Prado Tolezano A perspectiva clássica sobre a alma, desde a tradição platônica, divide-a em 3 partes: a) perceptiva; b) intelectiva; c) volitiva. À percepção propriamente dita, regida pelos sentidos e sensações, agrega-se a faculdade de imaginar, que, em apertado resumo, é um prolongamento sensorial. A captura […]
Já eram avançadas as horas da noite daquele sábado de muito calor na cidade de São Paulo. O Dr. Rolézio fruía do seu mais que justo dolce far niente doméstico; trajava só bermudas e estirado estava na cama movimentando-se apenas no bocejar do pré sono. O telefone, contudo, deu de berrar. Quem seria naquela hora? […]
A amiga do amigo do conhecido do meio parente da sobrinha da Zélia que era cliente do escritório agendou atendimento com o Dr. Rolézio. Ela se chamava Dolores. Adiantara à secretária apenas que era assunto jurídico sensível. No dia e hora combinados chega a Dolores, mulher mais que quarentona e menos que cinquentona, de fisionomia […]
Na aparência geral, ele sempre expressava cansaço ou alguma perda de viço crônicos, o que não impedia o seu sobressalto de simpatia nem a conversa expansiva. Ademais, trabalhava muito. As manchas de calvice no meio da cabeleira branca deixavam claro que uns bons 60 ou quase isso já tinham passado na trajetória do nosso homem. […]
Mais importante e profunda que a separação entre senhores e servos, é a separação entre os dignos e os indignos. Dignidade é ponto medianico, virtuoso, contra os vícios de autoridade, seja por autoritarismo ou masoquismo.
069 – Vergonha e Culpa – Alerta e Curas Autor: Vicente do Prado Tolezano 17/07/2020           Pela expressão SINDERESE, os antigos denotavam uma capacidade inata pela qual se reconhece de “dever ser”, ético ou moral sobre todos nós, com efeitos desde nossa estrutura somático-afetiva até a fina intelecção.         […]
068 – Inveja, Malevolência, Ódio, Revolta e curas dos afetos ruins Autor: Vicente do Prado Tolezano 09/07/2020      INVEJA e MALEVOLÊNCIA são afetos graves de desordem anímica e se prestam de portas de entrada a doenças existenciais malditas como o ÓDIO e a REVOLTA.      INVEJA é sensação de dor, incômodo ou desprazer […]
067 – Coragem, Covardia e Temeridade Autor: Vicente do Prado Tolezano 02/07/2020          Urge DOSAR. A vida excelente ou otimizada – sinônimo de vida virtuosa – é vida sob critérios de mediania.        Seguramente uma das mais assíduas emoções sobre nós é o medo/desconfiança, do qual tantas vezes zombamos por […]
066 – Desejo, Idiossincracia, Vontade e Constituição da Vida Humana Autor: Vicente do Prado Tolezano 24/06/2020 01 Desejos (nas espécies de apetites e ardores) são, via de regra, involuntários e impelem à realização pronta de prazer a eles associados. Passam-se predominantemente na nossa dimensão material e integram a categoria da paixão. Têm extensão exata da […]
065 – Todo/Parte, Cosmovisão e Ideologia Autor: Vicente do Prado Tolezano 05/05/2020 1) PARTE/TODO Existem “partes” e “todo”, este um princípio de ordem sobre aquelas. Há todos parciais, partes de outros todos, ditos subtotais, e partes totais sobre outras partes da parte, ditas subpartes. Podemos dividir em tantas camadas queiramos, mas da tensão de discernimento […]
063 – Amizade e Companheirismo – Ouro e Bijouteria Autor: Vicente do Prado Tolezano 10/01/2020 Amizade para consigo é condição para que tenhamos amigos externos de verdade, pois, a rigor, eles são um “outro eu”, mas integrativo do nosso “eu”. O esquema é tal que qualquer melindre que tenhamos de nos auto inspecionar elide a […]
061 – Vida bem sucedida x vida boa Autor: Vicente do Prado Tolezano 18/12/2019 A relação entre “vida bem-sucedida” e “vida boa”, tirante exceções, é disjuntiva, ou seja, articulam-se entre si com “ou” das bifurcações e não com “e” das adições. Sucesso é da categoria da relação, pois “depende” de “outros” para validar-lhe, seja por […]
060 – Agressividade X Violência – Politicamente Correto e Floco de Neve Autor: Vicente do Prado Tolezano 03/12/2019 A filosofia de boteco, por vezes, acerta em cheio. Ela diz com muita correção que “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, intuição própria dos princípios lógico e ontológico da identidade. Assim, de […]
 059 – Medo da Liberdade, Política e Sadomasoquismo Artigo de Vicente do Prado Tolezano 29/11/2019 É bom morar num país que autorize seus cidadãos a, querendo eles, ir livremente ao exterior, a expressar suas ideias, a decidir com quem casa e quantos filhos terá, a eleger sua profissão, escolher sua fé, leituras, amizades, etc … […]
058 – Idiotice e Imbecilidade, discernimentos necessários Autor: Vicente do Prado Tolezano 19/11/2019 Idiota e imbecil não são “em si” termos próprios de xingamento, ainda que, no mais das vezes, sejam empregados para afrontar mesmo. Os termos denotam debilidades intelectuais graves, sendo o idiota pior que o imbecil, pois mais primária a faculdade intelectual que […]
057 – Diplomas e Certificados de Baixa autoestima Autor: Vicente do Prado Tolezano 17/10/2019 Falar inglês era requisito para admissão do escritório de advocacia que este articulista dirigiu por vários anos. Poucas vezes, houve candidatos que simplesmente diziam no currículo que falavam inglês e “ponto final”. Normalmente, quase todos os candidatos diziam possuir certificados respectivos, […]
056 – Analfabetismo Funcional é Falta de Atitude (e nada mais) Autor: Vicente do Prado Tolezano 11/10/2019 Comecemos por exemplos de como funciona um chapeiro que seja analfabeto funcional e num contexto que sequer há “leitura de texto”. Todo os dias, um chapeiro faz XBURGERs e corretamente. A cada “XBURGUER” que um freguês diz, ele […]
054 – Amor à Pátria Autor: Vicente do Prado Tolezano 05/09/2019. O amor à Pátria é daquelas espécies ditas de “amor-natural” e, pois, de certa forma apenas um proto-amor (eis que amor, propriamente, é necessariamente sobrenatural). É um recurso afetivo para uso extra-ninho, tal que a multidão de fora não seja, ao menos simbolicamente, geradora […]
054 – Linguajar infanto-miserável e linguajar de adulto-rico Autor: Vicente do Prado Tolezano 13/08/2019 Em não distante outrora, se ouvia, em tom cortês e sóbrio, ao entrar um avião: “Senhores passageiros, boa tarde. O comandante Tal e sua tripulação dão-lhes boas-vindas a este vôo com destino à cidade Tal. Prestem atenção nas regras de segurança. […]
058 – O Respeito e o Medo de ser Respeitado Autor: Vicente do Prado Tolezano 08/11/2019 Respeito numa só palavra quer dizer LIMITE, mais precisamente, num primeiro momento, “limite do outro”.  Nosso senso até umbilical com o senso de “território” é a gênese de um “território de respeito-vital-pessoal”, que as legislações reconhecer como um bem […]
052 – Substantivo, Verbo e Vida Humana Autor: Vicente do Prado Tolezano 11/06/2019 Substantivo é ser e verbo é ação do ser. Não existe verbo sem substantivo, pois não existe ação sem agente e, pois, nem predicado sem sujeito¹. E é assim que é, mas não meramente porque é assim que dispôs a gramática normativa, […]
051 – Crise de Santidade Autor: Vicente do Prado Tolezano 04/06/2019 A dita crise brasileira é crise essencial e é CRISE DE SANTIDADE. Instabilidade institucional, economia bipolar, moral relativista, estética do feio, barbarismo linguístico, orfandade generalizada, personalidades superficiais, etc … entre tantas miríades de mazelas não podem, contudo, ser propriamente, em si, problemas, mas, acuradamente, […]
049 – Abaixo do amor: camadas 4 e 5, dos coitadinhos e dos arrogantes Autor: Vicente do Prado Tolezano 29/03/2019 Todas as pessoas têm MOTIVOS e algumas têm também VONTADES. Só na medida em que a vontade aumenta é que os motivos diminuem e vice-versa. Fica claro, pois, que o oposto de motivo é a […]
048 – Retórica e Humildade Autor: Vicente do Prado Tolezano 22/03/2019 Exemplos de 2 palavras excessivamente comuns, mas desconhecidas e bem interligadas: “retórica” e “humildade”. No senso comum, tantas vezes, a primeira (“retórica”) é vista como a “arte da enganação” e a segunda como “timidez/fraqueza/humilhação, etc…”, ou seja, com vieses pejorativos da semântica própria delas. […]
047 – Desamor e Masoquismo Corporativo Autor: Vicente do Prado Tolezano 08/03/2019 Se imaginássemos um campeonato de lugares com mais masoquistas por metro quadrado, seguramente imaginaríamos o dito “mundo corporativo” com o troféu de campeão. Toda tristeza (emoção que indica perda) é muito mais nefasta quando é prazerosa (emoção que indica presença, mas fugidia). Mutatis […]
046 – Amor/Desamor – Sexo Vida X Sexo Morte Autor: Vicente do Prado Tolezano 26/02/2019 Poucos opostos entre si se dividem por linha tão fina quanto a PRÁTICA SEXUAL, a qual corrobora expressões desde a mais pura PULSÃO DE VIDA à mais oposta e pura PULSÃO DE MORTE. Jamais ato sexual é propriamente indiferente ou […]
045 – Amorosidade, Promessas e Compromissos Autor: Vicente do Prado Tolezano 19/02/2019 Prometer é verbo transitivo, ou seja, promete transitar algo de alguém a alguém. Comprometer-se é verbo pronominal, ou seja, tem caráter reflexivo de uma promessa do sujeito para consigo.  Obviamente comprometer-se até reclama objetos direto e indireto, mas seu cerne semântico é de […]
044 – Amor, Perigo de Traição e Confiança Autor: Vicente do Prado Tolezano 05/02/2019 As pessoas que confiam muito nas outras e controlam-nas pouco serão seguramente muitas vezes traídas. As pessoas que, por sua vez, confiam pouco nas outras e controlam-nas muito, igualmente, serão muitas vezes traídas! Queremos, pois, afirmar expressamente com os assertos acima […]
043 – Direito à Educação – Sofisma Egoísta Autor: Vicente do Prado Tolezano 15-01-2019 Poucas falácias devem ser tão nocivas quanto a que afirma que “EDUCAÇÃO É UM DIREITO”, a qual arrisco que até sequer cuide de falácia e seja, mais precisamente, um SOFISMA. Não é sem razão que os “tempos líquidos” coincidam justamente com […]
042 – (Des)Amor – Dor, Sofrimento, Masoquismo e Voluntarismo Autor: Vicente do Prado Tolezano 18/12/2018 Tão necessário à clareza do mapa existencial, como é discernir o PRAZER de FELICIDADE, é também o discernimento de seus opostos desses que são a DOR e o SOFRIMENTO. DOR, no sentido próprio, é sensação/emoção bruta, que varia de um […]
041 – (Des)Amor e Timidez Autor: Vicente do Prado Tolezano 06/11/2018 Revestido de razão estava o psiquiatra carioca Italo Marsili quando asseverou que “só os egoístas são tímidos” e que só se supera a timidez superando o egocentrismo. As afirmações retro tendem a impactar, pois há um senso intuitivo grosseiro de dar “simpatia” ou comiseração […]
040 – (Des)Amor, Maldade e Respostas da Vítima, ou seja, de todos Autor: Vicente do Prado Tolezano 09/10/2018 A raiz etimológica de vítima alcança o vocábulo latino victus, que denota vencido, como dominado.  Em outras palavras: é padecer de uma maldade. Todo mundo, não só pode ser vítima, como, aliás, necessariamente o será por pessoas/coisas/circunstâncias […]
039 – (Des)Amor, Antes de enganar-te, engano a mim mesmo, dissociação de identidade. Autor: Vicente do Prado Tolezano 02/10/2018 Tivesse a genialidade de DOSTOIÉVSKI (1821 – 1881) se limitado à criação da personagem RASKOLNIKOV, protagonista do clássico Crime e Castigo, seu assento no rol dos profundos conhecedores das sombras humanas estava garantido. O romance se […]
036 – Amor, beleza e demais transcendentais Autor: Vicente do Prado Tolezano 24/09/2018 Se te encontras em um ambiente BELO, ganhas um impulso natural para plantar, criar, fertilizar ou, ao menos, conservar essa beleza. É óbvio que este impulso pode variar desde um simples “empurrãozinho” até a um chamamento quase irresistível, tudo a variar do […]
036 – Amorosidade e Solidão Autor: Vicente do Prado Tolezano 04-09-2018 Poucas coisas são tão AMBÍGUAS como a solidão. Por conta do terror de se estar SOLITÁRIO quantas falsas companhias não se buscam, garantindo assim, mais que a solidão propriamente dita, mesmo a queda no VÁCUO EXISTENCIAL É próprio do ser humano trocar JÓIA por […]
035 – Amor, Verdade, (in) tolerância, perdão e fanatismo Autor: Vicente do Prado Tolezano 30-08-2018 A noção de TÓXICO é de algo que se ADICIONA a nós e no mau sentido de adição, tal como “algo difícil de nos livrarmos” e/ou de algo que “pesa” sobre nós, enfraquecendo-nos. No léxico de certos idiomas, essa semântica […]
Tempo houve em que todos iam ao banco. Pagar contas, depositar ou sacar dinheiro, cheques, consultar extrato, etc. Aliás, ia-se demasiado ao banco. Os bacanas, é certo e é igualmente óbvio, iam menos, pois naqueles tempos – pré-internet – havia a profissão de office boy, cujo mister central era justamente o de frequentar as filas […]
035 – Amor, Verdade, (in) tolerância, perdão e fanatismo Autor: Vicente do Prado Tolezano 11-07-2018 Entre as poucas regras quase desprovidas de exceção, está aquela que dita que “aquele que não ama, está sempre fingindo que ama, ainda que contra todas as evidências ululantes”. O AMOR é extremamente OBJETIVO e até porque, em acurado rigor, […]
033 – Trivium – Problemas da Verdade de Todos e da Mentira de Cada Um – Autoconhecimento e Moral Autor: Vicente do Prado Tolezano 08-06-2018 Não apenas o TRIVIUM, mas toda pretensão racional sóbria se funda na OBJETIVIDADE da VERDADE. A paternidade da filosofia plena, aliás, se atribui a Sócrates (469-399 a.C.) justamente por ser […]
Naquela altura da carreira de advogado, o ROLÉZIO já alcançara a OBJETIVIDADE, aquela mania de dizer SIM ao que É, de dizer NÃO ao que não É e dizer que não sabe ao que não se sabe. Aliás, já tinha concluído pós-graduação nessa tal coisa da objetividade: se cometesse algum erro, apontaria sua mão ao […]
Os tempos eram duros lá na ROLÉZIO ADVOGADOS. Apenas o Dr. Rolézio como advogado para dar cabo a um volume de trabalho quase invencível e que seria próprio para, ao menos, dois advogados plenos, senão mesmo três e mais um estagiário. A injustiça ou agonia de alta demanda de trabalho contrastante com o baixo capital […]
Não seriam 09h05 de mais um dia útil. Soou estridente o telefone na sala do Dr. Rolézio, advogado ainda na verdura da profissão e que, com muita firmeza, tem seu escritório no bairro dos japoneses em São Paulo, num “prédio misto”. Faz tempo. Era uma época em que, inclusive, revestimento de papel de parede era […]
032 – Amor é vontade e pede (muita) preparação Autor: Vicente do Prado Tolezano 09-05-2018 Um princípio antigo e medieval indicava uma OBVIEDADE que, atualmente, por conta do império materialista, não se percebe: o princípio de que “O AGIR SEGUE O SER” (“agere sequitur esse”). O que o princípio quer dizer é, parafraseando-o, que “as nossas […]
031 – Amor, Ansiedade existencial, medo x culpa/angústia Autor: Vicente do Prado Tolezano 05-02-2018 O paradoxo próprio da “condição humana” é a de SER SEPARADO: somos a única espécie “separada” e disso temos consciência, seja de forma clara ou difusa (até uma “consciência inconsciente”). Sabemos que somos integrantes da natureza, particularmente da natureza animal (sem […]
Mostrar Botões
Esconder Botões